NOTA: A quem consulte e aprecie este blogue e possa contribuir com comentários, críticas ou correcções têm a minha consideração.
Aqueles que por seu entendimento, possam ser proprietários de alguns elementos fotográficos, e pretendam a retirada dessa foto, agradeço que me seja comunicada para evitar constrangimentos pessoais.

Obrigado.

10 de abril de 2013

Brasão dos "Meneses", Museu Soares dos Reis - Porto

Brasão da época da Renascença, séc. XVII, de estilo Barroco, representa as armas do Marquês de Marialva.
Infelizmente não se conhece a sua localização original e representa mais um escudo de "familia".
O seu escudo é boleado ou Português, com ponta, com formato esquartelado e um sobre-todo, ao centro.
O I e IV representam as armas reais (de Portugal antigo) e II e III são 3 flor-de-lis (de França moderno), ao centro o escudo de Meneses (de Cantanhede).
A coroa simboliza a nobreza. Contém um desenho invulgar e sabe-se que Marquês de Marialva teve de mercê o título nobiliárquico em 11/6/1661, pelo rei D. Afonso VI, a favor de D. António Luís de Meneses, pelo seu papel decisivo na Revolução de 1640.
A sua presença ou de familiares de pouco se sabe no que concerne a sua estada na cidade do Porto, contudo existe o conhecimento de que era donatário da vila de Melres, o qual tinha o direito a administrar a terra, a apresentar "tabeliões" e a nomear o "ouvidor".

1 comentário:

  1. Há um brazão identico na capela da Lapa em ponte do Lima.

    ResponderEliminar