NOTA: A quem consulte e aprecie este blogue e possa contribuir com comentários, críticas ou correcções têm a minha consideração.
Aqueles que por seu entendimento, possam ser proprietários de alguns elementos fotográficos, e pretendam a retirada dessa foto, agradeço que me seja comunicada para evitar constrangimentos pessoais.

Obrigado.

18 de março de 2017

Visconde e Conde de Bovieiro - Abragão


Pedra de Armas do Visconde e Conde de Bovieiros
Abragão, Penafiel

Rua do Bovieiro - Abragão, Penafiel

Esta Pedra de Armas está inserida no frontão da fachada principal da casa e quinta do Bovieiro, em Abragão.
O seu acesso faz-se pela actual rua do Bovieiro, descendo por um arruamento relativamente estreito onde finda contra um portal com ameias da quinta do Bovieiro.
Traseira da casa - fim da rua que lhe acede

Para o acesso pela entrada principal será necessário ainda percorrer por um caminho em terra batida, à esquerda, circundando o espaço da casa e logradouro, terminando com um portão gradeado a apoiado em pilastras de pedra.


Entrada

Há quem diga que a casa nunca ficou concluída faltando a fachada da direita, cuja simetria se pretendia edificar.
Fachada Principal

É mais uma casa com marcas nobiliárquicas e deve-se à mercê  de Visconde concedida pelo rei  D. Luís I, em decreto de 7 de Maio de 1874 e posteriormente, concedida pelo rei D. Carlos I, de Conde a 30 de Junho de 1890 a José Monteiro Guedes Nobre Mourão, sendo extinta em vida.
Foi condecorado com a medalha da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa a 2 de Outubro de 1886.


Pormenor da Pd'A
Descrição:

Esquartelado com:
     I - Monteiro
     II - Guedes
     III - Nobre ou Mourão
     IV - Vasconcelos
Timbre - coronel de Conde

Seus pais Rodrigo Monteiro Correia de Vasconcelos Guedes Mourão e de Maria Isabel Cardoso Coelho Nobre.
José Monteiro Guedes Nobre Mourão nasceu a 21 de Out. de 1841 e faleceu em 1903. Era casado com Maria Henriqueta Torre de Castro Portugal da Silveira, também agraciada conjuntamente com seu marido, como Viscondessa de Bovieiro, que era filha de Columbano Pinto Ribeiro de Castro de Portugal da Silveira e de Efigénia Amália de Moura Torres.



Noticias de Junho de 2018:

Casa do Bovieiro - Livros de Genealogia

O Arquivo Municipal  encontra-se a tratar da documentação da Casa do Bovieiro . Família Cabral Noronha e Meneses, e começou pela colecção de livros de genealogia, uma vez que é um tema que tem sido muito procurado.
Assim, ficam disponíveis no programa do Arquivo Municipal - Gead, os três primeiros livros já descritos e digitalizados para que possam ser consultados por todos os interessados.
Este fundo documental, tal como acordado no protocolo de tratamento e digitalização assinado entre a Câmara Municipal de Penafiel e a Família, está a dar entrada no Arquivo Municipal por fases e será tratado dessa forma. Por este motivo, no programa Gead, a descrição ao nivel de sistema ainda não pode ser efectuada, pois isso sé será possível com um conhecimento mais aprofundado de toda a documentação.
Para aceder à descrição e digitalização destes documentos basta clicar no link abaixo, tendo em conta que terá de ser aberto no browser Internet Explorer.

http://geodopac.cm-penafiel.pt

Informações retiradas de:
http://miguelboto.blogspot.pt/2010/02/bovieiro-conde.html
http://www.geni.com
http://geneali.net

Sem comentários:

Enviar um comentário